01 junho 2007

Mais poesias assombradas

Os alunos da professora Fatinha, que estudam na E. M. Flávia Dutra, são os maiores contadores de “causos poéticos assombrados” que conheço. Quem gostar dessas histórias, aproveite! São de arrepiar!!!!

Prof. Andréa


Bicho-Papão

Vi um bicho papão
Gordo igual a um melão
Feio e gosmento
Mas de um bom coração

Vi um bicho papão
O seu nome era João
Tinha na mão um pião
Que rodava igual a um furacão

Vi um bicho papão
Que gostava de pão
Gostava de pular e brincar
E jogar um bolão.

Assombração


Ao sair na noite escura
Ande com muita atenção
Olhe sempre para o lado direito
Pra não ter decepção
Se olhar para o lado esquerdo
Pode ver assombração.

Se um vulto gigante de fumaça
Na beira da estrada aparecer
Tenha cuidado e reze
Para ele não te envolver
Se não, ele se salva
E quem vira fantasma é você.

Dos tempos dos meus avós
Às vezes paro para escutar
Uma história pior que a outra
Chego até me arrepiar
Acho melhor parar por aqui
Que é pra eu não me assombrar.

É por isso que eu prefiro
Aqui na cidade morar
Desfruto da claridade
Por onde quer que eu passar
Assombrações... só em poemas
De verdade, nem pensar !

Germana

7 comentários:

Anônimo disse...

A história do bicho papão bati- bolão muito divertida otima muito arrepiante pois adorei.

Anônimo disse...

alunos da fatinha
gostamos muito de sua poesia é muito legal nós adoramos as rimas
parabens




de Natã e Thiago

Anônimo disse...

Alunos da Tia Fatinha, nos adoramos suas histórias, foi muito legal, e espero que fassam mas histórias legais.
Abraços dos alunos da professora Aparecida.
Rafaela e Gleyci

Anônimo disse...

Parabéns por sua história e foi muito legal.

cairo e thomás disse...

Muito obrigado! adoramos o livro e estamos anciosos pra te ver!
abraços
Cairo e Thomás

Matheus e Rafael disse...

Tomáz de Aquino nós adoramos suas poesias.Nós esperamos a sua presença aqui.
abraços
Matheus e Rafael

Anônimo disse...

ola tomaz seus livros são de mais e tambem são muito criativos. meu nome é joyce é o meu é thayane.bjs