22 novembro 2006

Medos do EJA

A turma de Jovens e Adultos da prof. Maísa Fernandes que estudam na da E. M. Enedina Prata também leu as histórias de Silvio Costta e nos enviou uma poesia que publico agora na certeza de que abrilhantará nosso blog.

Prof. Andrea


Medo apavora
Medo dispara coração
Medo assusta
Medo espanta sono
Chuva e trovão amedrontam
Violência dá medo
Com medo desmaiamos
Medo da vida passar
Medo faz matar.

Medo acaba?
Não
Medo passa?
Com fé:
Na oração
No companheirismo
Na amizade
Na esperança
No trabalho
No amor
Na vida que renova a cada dia.

Um comentário:

Maísa Ap. Fernandes disse...

Quando li o poema do Sílvio entitulado MEDO, pensei logo nesta turma do EJA.
Eles corresponderam. Estão de parabéns.
Amei o trabalho.
Abraços.